Thursday, March 22, 2007

SUSTOS





Ter uma filha doente faz-nos cair em todos os clichés – rezar, fazer promessas, gritar com toda a gente, fazer promessas, tomar decisões drásticas, desistir do emprego, fazer promessas.

Ter uma filha doente faz-nos sentir que somos de facto adultos e que há uma serie de coisas que deixámos para trás e que nunca retomaremos, que há uma parte de nós que já foi praticamente o nosso todo que faz parte do passado. E vai lá ficar.

Ter uma filha doente faz-nos sentir impotentes. Perdidos. Faz-nos chorar em frente ao termómetro e dormir enrolada. E um dia ela acorda e as mãozinhas estão frescas. E a vida é bonita outra vez.

E esquecem-se as promessas...

9 Comments:

Blogger Brikebrok said...

Mãe é mãe ...

3/22/2007 11:51 am  
Anonymous maria said...

também sou mãe - e de meninas - e compreendo essa alegria. com elas doentes tudo fica doente também e enquanto o centro do (nosso) mundo não se restabelece, nada interessa. ainda me lembro de dormir enrolada no chão, junto à cama delas, quando estavam mesmo mal.

felicidades para as duas.

_______________


uma pergunta:

queria enviar os livros escolares das minhas filhas para países que possam agradecer o envio, mas não consigo saber moradas de instituições/entidades receptoras e interessadas.


em Timor ainda recebem, como há alguns anos? e se sim, a Alexandra sabe quem devo contactar?

obrigada.

3/22/2007 12:16 pm  
Anonymous suzanne said...

Que bom que a Gui já está boa!!!!

Fico feliz por vocês as duas!!! :)

3/22/2007 1:16 pm  
Blogger umademim said...

:)

3/22/2007 3:20 pm  
Blogger fezoca said...

nem fala! filho doente, pira a cabeca!
estou torcendo pela recuperacao cem por cento da Gui. beijao,

3/22/2007 4:51 pm  
Anonymous Elisa said...

E tudo está bem, quando acaba bem : )

Tudo de bom para vocês *

PS: A conclusão da história da história na cabeça fez-me soltar umas belas gargalhadas : D

3/23/2007 9:51 pm  
Blogger alexandra said...

Obrigada a todas!


MAria: respondo-lhe para a semana detalhadamente.

3/27/2007 7:09 am  
Blogger Elisabete said...

Tão bom, quando tudo acaba bem! E como senti e me revi em cada uma das tuas palavras! Adorei conhecer este blog, que me fascinou pela beleza, pela diferença e em cada post, me deixou com um brilho difente nos olhos! Parabéns à menina LINDA!, e à mãe, essa pessoa tão especial1

4/20/2007 4:54 pm  
Blogger Elisabete said...

Tão bom, quando tudo acaba bem! E como senti e me revi em cada uma das tuas palavras! Adorei conhecer este blog, que me fascinou pela beleza, pela diferença e em cada post, me deixou com um brilho difente nos olhos! Parabéns à menina LINDA!, e à mãe, essa pessoa tão especial1

4/20/2007 4:55 pm  

Post a Comment

<< Home