Thursday, January 18, 2007

SSSSSSSSSssssssss

o pau acastanhado serpenteava no meio da estrada e eu pensei que bonito que era o Outono lembrando-me depois que aqui não há estações só monção ou nem por isso e que não havia vento lá fora.
o pau acastanhado era uma cobra enorme que impávida em plena "cidade" atravessava a rua talvez atraida pelo cheiro a sangue dos galos derrotados na luta da tarde.
e eu de carro passo-lhe por cima.
e depois imagino-a a enrolar-se na roda e atacar-me furiosa quando saisse do carro.
olho pelo espelho e vejo-a a regressar ao local de onde veio, meio enrolada...

agora dizem-me que ela pode vir procurar-me. parece que deveria ter parado e pedido desculpa e atirado dois não sei quê (acho que é dinheiro)
ela que venha e eu passo-lhe um cheque...
ou melhor,
transferência, faço-lhe uma transferência, não precisa de vir...

2 Comments:

Anonymous Cristina said...

Olá, Linda
Adorei...olha, já agora não queres transferir alguma para mim?Para que possa ir passar um final de tarde no vosso recanto na prais?Amei...Joquinha

1/18/2007 5:06 pm  
Blogger Eva Lima said...

...com visa, talvez...

É tão bom vir até aqui dar uma risada (sim, porque eu posso rir, aqui, no inverno não há cobras!).

1 beijo

1/18/2007 9:53 pm  

Post a Comment

<< Home