Monday, January 22, 2007

DEEP

O tédio, um tédio profundo.
Os amigos foram todos embora depois do Natal e não vão regressar.
A parabólica queimou-se e ninguém a consegue arranjar.
As meninas continuam a catar-se na piscina.
Não muito longe foi avistado um crocodilo.
Em duas semanas li:
O Impressionista de Hari Kunzru
A Conspiração de Dan Brown
Food, Sex and Money da Liz Byrski
Living History da Hillary Clinton
A Fórmula de Deus de José Rodrigues dos Santos
Debato-me com O Historiador de Elizabeth Kostova
Vou a meio do O Fim da Pobreza de Jeffrey Sachs
Reli o Querido Primeiro Amor de Zoe Valdês
Já li 6 vezes as primeiras 25 páginas do Poverty and Development into the 21st Century de Allen e Thomas (continuo sem me recordar do que lá estava escrito)
Desenhei um plano de Capacitação de 5 anos para uma Fundação Local - sem que tal me tivesse sido pedido ou mesmo em algum momento algum dos seus membros tenha manifestado desejo de algo semelhante (mas hoje encontrei o vice director e ele aceitou dar-lhe uma olhada, já agora…o pior é se eles o acham interessante…).
Esta semana tenho para ler:
What the Body Remembers de Shauna Singh Baldwin
Throwaway Daughter de Ting Xing Ye (afinal li-o esta noite!)
The Teardrop Story Woman de Catherine Lim
Guia de Receitas para Apreciadores de Pães e Bolos
Tenho ainda um dicionário de Indonésio/Inglês…. (já li a lista telefónica que me ofereceram na Timortelecom…)
E depois disso…
NADA!!!!

6 Comments:

Blogger alice said...

como tens tempo para tanto??? desde que a minha bebe nasceu que demoro 3 semanas para ler um livro..

1/22/2007 11:12 pm  
Blogger alexandra said...

This comment has been removed by a blog administrator.

1/22/2007 11:27 pm  
Blogger alexandra said...

Alice:
A Gui adormece ás 7.30pm. Acorda ás 7am. Ninguém visita ninguém durante a semana. O meu contrato inclui pessoal doméstico. O trabalho está demasiado adiantado no escritório - até ao fim do mês todos os funcionários estão fora a fazer observações nas escolas... Para alem disso, eu tenho uma relação pouco normal com os livros - não sou capaz de fazer leituras moderadas, umas páginas por dia. Quando começo um livro tenho que o acabar - o que representa muitas noites em branco. Aos 14 anos li os 3 volumes do Guerra e Paz em dois dias e meio. Por volta dos 9, a minha mãe martelou pregos na porta da estante do meu quarto para me controlar a leitura.Quando trabalhei em Moçambique percorria as ruas da cidade aos fins de semana como uma toxicodependente, à procura dos livros com gralhas gráficas que eram vendidos nas ruas. E confesso também que leio os rótulos de todas as embalagens quando estou sentada na sanita!!!!!

1/23/2007 6:44 am  
Blogger aNa said...

a minha pancada é ler a literatura dos medicamentos, especialmente as contra-indicações (por nada em especial, só porque gosto daquele palavreado) e os anúncios de encontros nos jornais e revistas :)
beijos aqui do frio - apre! estive em Miranda no fim de semana e nem imaginas!!!

1/23/2007 8:56 pm  
Blogger Jana said...

Bem...acho que terei de correr rápidamente para as próximas livrarias...
Quem sabe, e talvez tenhas sorte.

Beijinhos

1/24/2007 5:54 pm  
Anonymous Maria said...

Oi. ja que não me vieste visitar em Lisboa vou ter que vos visitar em Baucau. Por isso já marquei avião! Tenho uma boa coleção de livros não muito recentes em Dili. Se precisares pede ao Nuno! Entretanto começo a mandar actualizações à Biblioteca por correio! Pelo menos podes parar de ler rótulos na sanita! Até breve, Maria

1/28/2007 10:59 am  

Post a Comment

<< Home