Saturday, December 01, 2007

SOMBRA

A menina grita e corro a saber.

levo tempo a descobrir porque o choro é interrompido pela luta para conseguir respirar.


penso que viu qualquer coisa que a assustou


até descobrir uma unha de um dedo apanhado pela porta, arrancada pela raiz, coberta de sangue, fazendo-me pensar que o dedo não estaria completo.


saiba-se que nos centros de saúde - onde o nível hierárquico dos funcionários é inversamente proporcional à altura e ruído produzido pelos saltos dos seus sapatos, não há médicos em dia de greve


e que se viaja até à cidade mais próxima e se é atendida pela tia


saiba-se que esta mãe não está preparada para estas situações e que ao ver o dedo da filha, o instinto não foi abraçá-la - foi deitar-se no chão enrolada no próprio corpo e chorar


não o fez


mas quis fazê-lo

8 Comments:

Blogger Brikebrok said...

Coitadinha da Gui !
e que boneco é esse ? fazes voudou ? ;-)

12/01/2007 11:12 am  
Blogger carla alexandra vendinha said...

não faço voudou mas julgo necessario procurar activamente uma pedobruxa para nos limpar a aura!!!
o boneco é em côco e é uma espécie de botão. Prende-se pelos pés e braços. é mto feio mas acho-lhe imensa piada.

12/01/2007 11:19 am  
Blogger Rita. said...

Varicela, dedo entalado :|

Guigas as melhoras, beijinho grande.

12/01/2007 4:11 pm  
Blogger Eva Lima said...

Ser mãe é, também, engolir os próprios medos.

Um bjinho no ded(ã)o

12/01/2007 10:22 pm  
Blogger carla alexandra vendinha said...

só que, Eva, não há manual de instruções...

12/02/2007 1:11 pm  
Anonymous Suzanne said...

Ai! Ai! Ai! Como deve ter doído!!! Ai o dedinho da Gui!

Espero que já não doa e que ela ande a correr e a brincar pela casa toda!

Beijinhos*

12/02/2007 9:35 pm  
Blogger Pepe, Sean, Samuel, Buba, Xuinga e Ainda said...

Que cena!

12/03/2007 10:04 am  
Blogger oRdEp said...

As melhoras Gui!

Beijinhos

12/04/2007 2:18 pm  

Post a Comment

<< Home