Tuesday, December 13, 2005

NO PREJUDICE, NO PREJUDICE AT ALL....

Quinta vou ter uma entrevista para um trabalho aqui.
Há qualquer coisa de muito patético em querermos algo para o qual não temos qualquer formação, nenhuma experiência mas apenas muuuuuuuuita muuuuita força de vontade! Vamos a ver até que ponto o "eu não sei fazer isto, eu nunca fiz isto, mas já vi fazer e acho que até tenho geito", resulta com os Britânicos.
Trabalhar com Britânicos é giro. Eu já trabalhei com/para eles. Têm aquele permanente tom de condescedência quando falam connosco. Qualquer coisa que provoca sentimentos entre o enternecedor e o simplesmente ofensivo. Lembro-me de reuniões em Lisboa, em que traziam o papel, a fita cola, o agrafador, os agrafos, não fosse cá não haver... era assim tipo marcar uma reunião em Batataqué. (Batataqué não existe, inventei agora, mas se por acaso acertei, as minhas desculpas à gente honrada de Batataqué).
O mais giro é que toda a gente queria vir a Lisboa e participar nas reuniões... por ser em Lisboa. Na semana passada escrevi um comentário no post de uma Britânica (sobre o tempo, porque de jardinagem não percebo muito) e ela imediatamente me responde a dizer o quanto adoraria viver em Portugal, "So exotic!"... Dear, nós é que vos ensinámos a beber chá!!!! Lembro-me de um namorado holandês me ter confessado meigamente que o pai de facto o tinha avisado em relação ao sangue quente das mulheres do sul - e diz-me isto a mim que nasci por erro numa aldeia perto de coimbra e sofro imenso com o calor no verão...
Mas isso agora não interessa. O que interessa é que eu quero mesmo aquele trabalho...
Picture this:

Baucau, 2006:
  • a minha G. descalça ao final do dia a correr na areia, como dantes;
  • a minha G. com vestidinhos leves sem mangas comprados directamente no luna luna, sem intermediários... muito fair trade...
  • a minha G. novamente com aquela pelezinha morena brilhante, bronzeada pelo sol
  • a minha G. todo o dia comigo para todo o lado a apanhar fruta-pão e mangas quando tem fome
  • e eu e o trabalho, pois, já, me esquecia ....

(vamos tentar esquecer o dengue, a malária, a falta de água potável e electricidade regular, o acesso a cuidados médicos de qualidade e a enlatados dentro do prazo)

PS: Por descargo de consciência googlei "Batataqué". então não é que a palavra existe?????!!!!

PS1: E um link interessante que não tem rigorosamente nada a haver com isto:http://www.themeatrix.com/portuguese/.

PS2: Gosto desta míuda!. Não faço ideia de como é que cheguei até ao blog dela! Mas é tão brutalmente saudável que dá vontade de lhe telefonar e dizer "GT´s at my place?" e depois passar umas horas a ser politicamente incorrecta e brutalmente honesta. Sim P. Tu também és assim, mas és mais finos...certo?

2 Comments:

Blogger Fernando_Vilarinho said...

oi.
só o nome do teu blogue merece uma visita. :-D
tb gostei muito de ler os teus escritos. e a tua miúda é muita gira. continua cuidar bem dela.
bai-bai

12/14/2005 11:48 pm  
Blogger alexandra said...

obrigada fernando!!

12/15/2005 12:11 am  

Post a Comment

<< Home